sábado, 17 de abril de 2010

Mulher

Postado por Djessyka às 11:39
Passei a entender pessoas discutindo política. Homens gordos que falam sobre Fundo Monetário Internacional e tomam cerveja na varanda, não falam mais grego enquanto eu arrasto minhas bonecas pela casa: Eu já sei traduzir tudo o que eles estão falando.
Posso entender quando a discussão é religião (mesmo sendo inviável). Aprendi que não preciso mais ter medo de passar no vestibular porque ninguém vai raspar minha cabeça.
Os amigos do meu pai não fingem mais que estão roubando meu nariz. Tô cada dia mais estranha, tô cada dia mais mulher.
Entendo piadas de adulto. Leio jornal, minto que gostei do presente, sento de pernas cruzadas. Engulo o riso.
Me falta pouca coisa pra terminar de ser mulher: Usar salto e comprar maquiagem, talvez. Eu poderia pintar as unhas de vermelho.

Sei que preciso abaixar a cabeça,
E aprender a disfarçar meus olhos quando enchem de lágrimas.
E assim que conseguir colar meus olhos no chão,
Virarei mulher.

7 comentários:

Andy disse...

Seus textos são fantásticos e me dão vontade de chorar de tão bons que são. Go on girl. Go on!

Yondaime disse...

caramba velho vc escreve de mais...adorei mesmo...parabens...:D

Prof Robson disse...

metamorfose! seja o que é! bj

Ani disse...

Um tapão na cara de todas nós!


Vc vai looonge djé! ô se vai! amo você! <3

Patrícia Bross disse...

NOssa muito legal seu texto.

Lembrei da época que passei por isso. É realmente estranho. Mas é a vida. A coisa piora quando vc se vê com uma conta nas mãos para pagar. Aff...
Tô te seguindo


VIsite o meu blog


www.patriciabross.blogspot.com

J.B. disse...

bela postagem =D
uma ótima semana pra vc!

:*

Nicky disse...

Sua liiiiiinda!
Depois ainda acha que incomoda pedindo pra eu ler ses textos, hunf.

Postar um comentário

 

Bela Sopa Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review